Olá, seja bem-vindo.
Este blog foi criado no dia 21 de Janeiro de 2010. Será um blog em que apenas publicarei sonetos, nada mais do que sonetos. Espero que os apreciadores deste estilo de poesia me visitem e comentem, façam críticas, para eu melhorar o que tiver de ser melhorado e me alegrar com o que estiver bem feito. Obrigada. FELIPA MONTEVERDE

domingo, 10 de outubro de 2010

Se te fores embora

Jura, que se fores um dia embora
Recordarás sempre quem eu sou...
Sabes que meu coração o teu namora
E persegue o teu amor, que me marcou...

Se saires daqui, daqui pra fora
Jura que lembrarás o que passou...
Minha alma te anseia e se demora
A recordar o quanto se entregou...

Não sei quem realmente és, desconheço
O teu verdadeiro ser
Amo-te e para mim és um mistério...

Mas, se pensas ir embora, reconheço
Que sinto tanto medo de perder
Alguém que nunca me levou a sério...

(Felipa Monteverde)

2 comentários:

Mi (de Miguel) disse...

Se fores embora, jura
que lembrarás sempre o nosso amor.
O amor acaba... mas perdura
nas saudades que nos trazem tanta dor...

RETIRO do ÉDEN disse...

Bonito poema e muito sentido e verdadeiro.
Obrigada pela visita e comentário no "retirito".
Já esperamos há sete longos anos...
Forte abraço
Mer e família