Olá, seja bem-vindo.
Este blog foi criado no dia 21 de Janeiro de 2010. Será um blog em que apenas publicarei sonetos, nada mais do que sonetos. Espero que os apreciadores deste estilo de poesia me visitem e comentem, façam críticas, para eu melhorar o que tiver de ser melhorado e me alegrar com o que estiver bem feito. Obrigada. FELIPA MONTEVERDE

sábado, 23 de janeiro de 2010

As rosas

A rosa que me deste, amor, picou-me
Tantos eram os espinhos que ela tinha
Era uma bonita rosa e era minha
Mas com tantos espinhos magoou-me.

A rosa que me deste, amor, picou-me
Feriu meu coração e a alma minha
Tantos eram os espinhos que ela tinha
Que essa rosa… tão bonita… magoou-me.

Amor, tira os espinhos às rosas
Para que não firam o meu coração…
Apesar de serem flores tão formosas

Magoam a minha alma de paixão
Provocando penas dolorosas...
Como agudos gumes da traição…

(Felipa Monteverde)

Sem comentários: