Olá, seja bem-vindo.
Este blog foi criado no dia 21 de Janeiro de 2010. Será um blog em que apenas publicarei sonetos, nada mais do que sonetos. Espero que os apreciadores deste estilo de poesia me visitem e comentem, façam críticas, para eu melhorar o que tiver de ser melhorado e me alegrar com o que estiver bem feito. Obrigada. FELIPA MONTEVERDE

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

O que sente quem ama

O que sente o peito de quem ama
Quando vê o rosto bem amado
Quando ouve o som tão desejado
Sua voz, que suave nos chama?

O que sente o peito de quem ama
Ao olhar essa face adorada
E beijá-la, na ânsia sonhada
Beijos tais que penetram na alma?

O que sente quem ama assim
Com loucura e ternura e paixão
É o céu, é inferno, é um penar sem fim

Na loucura voraz que nos rouba a razão.
O que sente quem ama assim
Só seu peito o sabe, só o seu coração…

(Felipa Monteverde)

Sem comentários: