Olá, seja bem-vindo.
Este blog foi criado no dia 21 de Janeiro de 2010. Será um blog em que apenas publicarei sonetos, nada mais do que sonetos. Espero que os apreciadores deste estilo de poesia me visitem e comentem, façam críticas, para eu melhorar o que tiver de ser melhorado e me alegrar com o que estiver bem feito. Obrigada. FELIPA MONTEVERDE

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Como jóia que tragas contigo


Um soneto, para verdadeiramente o ser, tem de cumprir algumas regras. Antes de saber isto já eu criava alguns, que depois abandonei ao descobrir a questão das rimas e afins... Mas hoje lembrei-me deste, que estava abandonado num caderno amarelecido, a propósito do aniversário da minha amiga Helô. É que não consegui escrever mais nada, desde então, que defina o que penso a respeito da verdadeira amizade. E resolvi publicá-lo mesmo assim, com os seus defeitos, porque me agrada e sei que a Helô também vai gostar e perdoar estas pequenas imperfeições.
Parabéns pelo aniversário, querida amiga!

Como jóia que tragas contigo

Amigo, se tu tens um amigo
Estima-o, pois vale um tesouro;
Um amigo vale mais do que o ouro,
Podes crer nisto que eu te digo…

A amizade é tesouro sem preço
Muito vale um amigo sincero…
São amigos assim que eu quero
Que os outros depressa os esqueço…

Amigo, se tu tens um amigo
Estima-o, como bem precioso
Como jóia que tragas contigo…

Um amigo é algo valioso
E tão raro… por isso te digo:
Se o tens és sortudo e ditoso!

(Felipa Monteverde)

1 comentário:

ETERNA APAIXONADA disse...

Querida amiga Felipa
O que dizer? Apenas um agradecimento sincero por tanto carinho recebido!
Eu me considero sortuda, mesmo!
E que possamos estar pertinho por muitos e muitos anos!
Levarei seu lindo mimo comigo. Nunca me esquecerei.
Beijos e tenha uma óptima semana.