Olá, seja bem-vindo.
Este blog foi criado no dia 21 de Janeiro de 2010. Será um blog em que apenas publicarei sonetos, nada mais do que sonetos. Espero que os apreciadores deste estilo de poesia me visitem e comentem, façam críticas, para eu melhorar o que tiver de ser melhorado e me alegrar com o que estiver bem feito. Obrigada. FELIPA MONTEVERDE

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Doce meta


(Dedicado a Florbela Espanca, a minha musa)

Fosse eu uma linda flor plantada
Nos jardins do teu peito, meu amor!
A flor mais bela, a mais apreciada,
A mais bonita, com a mais linda cor…

Fosse eu a borboleta alada
Que esvoaça em teu olhar, ao teu redor…
Borboleta feliz, de mil cores pintada
Voando em tua alma, meu amor…

Fosse eu a flor… aquela borboleta…
E seria feliz, seria tão feliz só por te ter
Por em ti conseguir assim viver...

Feliz!... Contigo ser feliz!... Fantasia secreta,
Desejo transformado em doce meta,
Nascido por te amar, só por te conhecer!…

(Felipa Monteverde)

2 comentários:

ETERNA APAIXONADA disse...

Quando há tanta identificação e admiração, só podemos colher momentos tão especiais, como este!
Parabéns às duas!
Mentora e seguidora das palavras da alma!
Como gosto de te ler, minha amiga!
Já lágrimas doces vêm molhar o teclado, mas não faz mal... É por uma causa maravilhosa...
Beijos muitos...

Miguel Afonso disse...

Fosse eu a bela flor que brota do teu peito
Ou a borboleta que voa ao seu redor...
Meu coração seria então o doce leito
Onde dormiria um grande amor...