Olá, seja bem-vindo.
Este blog foi criado no dia 21 de Janeiro de 2010. Será um blog em que apenas publicarei sonetos, nada mais do que sonetos. Espero que os apreciadores deste estilo de poesia me visitem e comentem, façam críticas, para eu melhorar o que tiver de ser melhorado e me alegrar com o que estiver bem feito. Obrigada. FELIPA MONTEVERDE

segunda-feira, 12 de abril de 2010

Desprezo

São desprezo, não digas que não
As tuas demoras, e pronto o jantar…
E eu tão só, cansada de esperar…
São desprezo, compreendo então…

Está pronta a mesa pra servir
Tudo: pratos, talheres e pão…
E é desprezo, não digas que não,
Quando chegas já estou a dormir…

É desprezo, eu sei que é desprezo
O que sentes, o que te inspiro
O que em ti por mim está aceso…

E olhando o jantar arrefecido
Vem-me à ideia, como um grande peso
Teu desprezo, espada em que me firo…

(Felipa Monteverde)

Sem comentários: