Olá, seja bem-vindo.
Este blog foi criado no dia 21 de Janeiro de 2010. Será um blog em que apenas publicarei sonetos, nada mais do que sonetos. Espero que os apreciadores deste estilo de poesia me visitem e comentem, façam críticas, para eu melhorar o que tiver de ser melhorado e me alegrar com o que estiver bem feito. Obrigada. FELIPA MONTEVERDE

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Quando me beijas

Quando me beijas, nem sei bem o que sinto
Não sei ao certo o sabor do teu beijo.
Ósculos de pecado... e eu consinto
Enquanto a boca ilude o meu desejo.

Quando me beijas, outra boca pressinto
Outros lábios a beijar como eu te beijo.
Mistura de pecado... mel... absinto
Num sabor agridoce em que fraquejo.

Sabe-se lá um beijo de onde vem!...
Da tua boca, traz com ele tantas outras,
Tantas bocas já beijaste antes da minha...

E todas essas bocas também têm
O travo doce e frio a outras bocas
Que uma boca nunca beija outra sozinha...

(Felipa Monteverde)

Sem comentários: